Dusreis Advocacia

Blog

04/08/2022

Contribuições realizadas ao INSS de forma equivocada podem influenciar em sua aposentadoria

É fundamental que o trabalhador esteja atento às suas contribuições para o INSS, isso porque, é um dos pilares para uma aposentadoria bem planejada.

Hoje temos vários tipos de alíquota e ocorrendo uma contribuição de forma equivocada pode acabar resultando em prejuízo para fins de tempo de contribuição ou de carência.

Desse modo, é indispensável identificar qual a categoria de cada segurado, a fim de verificar se a sua contribuição será na alíquota de 20, 11 ou 5%.

De forma breve, lembramos que os contribuintes que recolhem 5% sobre o salário mínimo são membros de famílias de baixa renda e microempreendedores individuais (MEI).

Os contribuintes que recolhem na alíquota de 11%, são os individuais ou facultativos, isso resulta em algumas diferenças, por ser uma contribuição com base no salário mínimo, não possuem direitos a benefícios superiores ao valor de um salário mínimo.

Por outro lado, os contribuintes que recolhem na alíquota de 20% do salário, seja contribuinte individual ou facultativo, podem optar pela contribuição entre o valor do salário mínimo ou o Teto do INSS, resultando, consequentemente, no direito de receber benefícios de valores mais vantajosos, superiores ao salário mínimo.

Logo, de acordo com seus interesses no valor de sua aposentadoria, veja o quão importantíssimo é atentar-se às contribuições.

Da mesma forma, é crucial realizar um planejamento previdenciário para evitar contribuições incorretas ou desnecessárias e se prevenir de surpresas no momento de pleitear a concessão de sua aposentadoria.

Voltar

Compartilhe

Gostou do nosso conteúdo? Receba mais!

Desenvolvido por In Company