Dusreis Advocacia

Blog

24/03/2022

Como saber se meu benefício previdenciário está correto?

O cálculo do benefício da aposentadoria do INSS é importante não só para quem está se aposentando, mas também para aqueles que já estão aposentados. É essencial entender como funciona este cálculo. Isto porque, é comum encontrar erros do INSS na concessão de aposentadorias e a questão que fica para muitos aposentados é: como saber se a minha está correta?

Como há algumas modalidades de aposentadoria previstas pela legislação previdenciária, as regras também são variadas. Portanto, cada tipo de aposentadoria possui as suas próprias regras.

Sabendo da importância desse assunto, elaboramos este artigo a fim de esclarecer ao leitor os principais pontos sobre a revisão de aposentadoria, de modo que possa entender melhor e verificar a aplicação do seu caso.

Neste artigo, você irá encontrar respostas sobre:

  1.  Quem já está aposentado, o que deve ser feito para saber se a aposentadoria está correta?
  2.   O valor da minha aposentadoria está errado. E agora?
  3.   Como saber se tenho direito à revisão de aposentadoria?
  4.   Como um planejamento previdenciário poderá ajudá-lo(a) nessa questão?

QUEM JÁ ESTÁ APOSENTADO, O QUE DEVE SER FEITO PARA SABER SE A APOSENTADORIA ESTÁ CORRETA? Caso esteja aposentado e queira entender melhor o cálculo do seu benefício, isso é muito importante, mesmo porque, nem sempre o valor concedido pelo INSS está correto. Conforme mencionamos anteriormente, é comum a Autarquia errar o cálculo da aposentadoria ao concedê-la.

Um dos motivos mais comuns deste erro é quando o aposentado procede a entrada do seu pedido por conta própria. Desta forma, poderia acarretar no pedido de aposentadoria faltando documentos importantes ou informações essenciais ao valor do benefício.

Com isso, se você sabe calcular o valor devido de aposentadoria, realize suas verificações ou procure um especialista para fazer uma análise e identificar se o INSS concedeu o seu benefício com o valor correto.

Contudo, quando identificado erros do INSS, é possível requerer a revisão. Nesse processo, poderá haver o aumento do valor do benefício e ainda receber as diferenças do “atraso”, ou seja, as verbas retroativas. 

O VALOR DA MINHA APOSENTADORIA ESTÁ ERRADO. E AGORA?Diante dessa situação, é possível aumentar o valor do benefício com a revisão de aposentadoria. Aqueles que desejam obter essa revisão, geralmente, irão precisar ingressar na justiça com o auxílio de um advogado.

A vantagem é que além de aumentar o valor da aposentadoria, o segurado receberia até os últimos 05 anos (a contar da entrada do pedido) em atraso, referente à diferença que o INSS não pagou corretamente.

COMO SABER SE TENHO DIREITO À REVISÃO DE APOSENTADORIA?

A forma mais segura de saber se tem direito à revisão de aposentadoria, é procurar um advogado especialista em direito previdenciário. Este profissional será capaz de realizar um estudo de viabilidade, recalculando todos os seus salários de contribuição e identificar possíveis erros do INSS.

Se o estudo de viabilidade constatar o erro, o advogado poderá apresentá-lo e explicar o melhor caminho para obter a revisão com o pagamento dos valores atrasados.

COMO UM PLANEJAMENTO PREVIDENCIÁRIO PODE AJUDÁ-LO (A) NESSA QUESTÃO?

O planejamento previdenciário realiza um estudo do histórico de contribuições, trabalho, idade e dos erros de contribuições previdenciárias que podem ser corrigidas, além da legislação aplicada ao caso específico.

A análise irá apurar os resultados já existentes e realizar projeções futuras para orientar o segurado ou para identificar erros capazes de serem corrigidos e apontar se naquele caso específico, é possível buscar uma revisão da aposentadoria. Ou seja, é um método que proporciona um diagnóstico da situação do segurado na busca pelo melhor benefício.

Portanto, o planejamento previdenciário é uma excelente ferramenta que pode reestruturar a vida contributiva e pós contribuição do segurado.

Sabemos que se aposentar no Brasil não é nada fácil e envolve muita burocracia. Além disso, devido às diversas opções de aposentadoria e regras, é importante estar ciente de alguns detalhes sobre sua modalidade podem acabar passando batido, prejudicando o valor do benefício.

Sendo assim, por meio de um bom planejamento previdenciário, é possível saber quais são os seus direitos e o que pode ser melhorado da sua aposentadoria do INSS, se for o caso.

Por fim, vale frisar que existem muitas revisões de aposentadoria que mudariam de forma positiva a vida do segurado, e se dividem em:

Revisões fáticas: para reconhecer o período especial, rural, trabalhista, militar e serviço público que não foram reconhecidos pelo INSS para aumentar o valor da aposentadoria;

Revisões de direito: que são as revisões do buraco negro, buraco verde, dos tetos, das atividades concomitantes e da vida toda (as mais comuns).

A explicação mais detalhada de cada revisão será objeto de outro artigo aqui no site, porém, caso esteja curioso (a) se há revisão para o seu caso, procure um advogado especialista na área para tirar todas as suas dúvidas, quem sabe não exista uma “mina de ouro” escondida em sua aposentadoria.

A Dusreis Souza Advocacia se dedica de forma constante às demandas dessa área, com a finalidade de garantir uma experiência de nível elevado em assessoria jurídica aos seus clientes.

Ficou com alguma dúvida ou deseja saber mais sobre esse assunto? Estaremos à disposição para orientá-lo.

 

 

Voltar

Compartilhe

Gostou do nosso conteúdo? Receba mais!

Desenvolvido por In Company